Domingo, 29 de Outubro de 2006

A IGREJA E A PROSTITUIÇÃO

A despeito dos anátemas dos seus doutores e das curiosas interpretações dos seus teólogos, a Igreja Católica não só fomentou o meretrício, como o organizou e explorou em seu proveito. Prova-o a história, desde o princípio do milénio anterior. Quem o afirma não é nenhum livre pensador, inimigo do catolocismo, mas um escritor de grande talento, católico praticante, cuja ortodoxia nunca foi posta em dúvida. João Bonnefon. Esse publicista católico escreveu (V LaRaison) em Agosto de 1908.

A prostituição regulamentada é uma instituição católica. Os Papas,soberanos temporais, soberanos espirituais, fomentaram práticamente o desenvolvimento legal de prostituição.

Para que não existam dúvidas:- O primeiro lupanar pontifical foi estabelecido por Bento IX. As senhoras deviam todos os dias assistir, muito cedo, a uma missa especial. Os Clérigos, prelados e nobres da igreja não deviam ser recebidos a não ser que estivessem munidos de um indulto. A casa devia estar fechada na semana Santa. A tarifa era modificada segundo as festas da igreja, sendo mais elevada nos dias santos. A senhora, depois de todas as despesas pagas, devia dar um terço dos seus lucros ao Esmoler Pontífico e o outro terço ao mordomo de Sua Santidade. O ultimo terço era reservado à directora, para as despesas de seu zêlo.

O Cardeal Barónio, o grande analista da Igreja Romana, falando dos Papas de século X, exprime-se assim: relativamente ao ano de 912: Mais horrível que nunca era então o aspecto da Igreja Romana! As cortesãs mais degradadas e as mais poderosas dominavam Roma e, a seu talante distribuiam bispados ou demitiam Bispos; e, o que é mais horrivel de dizer ou de explicar, colocavam na cadeira de S.Pedro, os seus amantes, falsos pontífices, que só deviam figurar no registo dos papas para efeitos cronológicos.

No século XIII, Guilherme Durantis, bispo de Mende, escrevia que em Roma as mulheres públicas iam viver para junto das igrejas, na vizinhança do palácio do papa e da morada dos bispos e que os cortesãos do papa as frequentavam assiduamente. 

 

  

 


sinto-me:

publicado por JOCAR às 17:11
link do post | comentar | favorito
|
Passaram por aqui ...


e-mail
EMAIL ME

.Nana Mouskouri


Nana Mouskouri
Nana Mouskouri

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. História da Senhora da Pe...

. NOMES LATINOS DE ALGUMAS ...

. O RITMO SEXUAL NO HOMEM (...

. HOMOSEXUAIS NA HISTÓRIA

. OS HOMOSEXUAIS NA HISTÓRI...

. A IGREJA E A PROSTITUIÇÃO...

. A LENDA DE D. SEBASTIÃO

. O PRIMEIRO LIVRO ESCRITO ...

. A IGREJA E A PROSTITUIÇÃO

. AS MENTIRAS E VERDADES

.arquivos

. Março 2011

. Maio 2008

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

.Tags

. aprender

. atoleiros

. blog

. calma

. igreja

. lojas

. memorandum

. monopólio

. prostituição

. reliquia

. santiago do cacém

. santo lenho

. santos populares

. todas as tags

.pesquisar

 
SAPO Blogs

.subscrever feeds